A Cidade das Almas

  • 14 a 16 de Agosto de 2020
  • Turma restrita - Somente 6 participantes
  • Público-alvo: Pessoas interessadas em fotografia documental de manifestações culturais
  • Intensidade: Fácil
  • A partir de 2.450,00
  • Lista de Espera

Entre para a lista de espera:

Descrição

A Cidade das Almas é uma expedição fotográfica com foco na riqueza cultural da região do Cemitério do Peixe, vilarejo incrustado nos confins do sertão mineiro. A romaria centenária que acontece em torno da celebração do Jubileu de São Miguel e Almas será nosso tema, que trará ampla abordagem sobre as histórias das pessoas que fazem desse culto religioso uma das mais expressivas manifestações de fé do povo brasileiro. A diversidade dos tipos humanos e do espaço físico que circunda o arraial permeará a imersão fotográfica e apresentará aos participantes uma experiência genuína de documentação de um povo tão belo e dotado de colossal fé.

O Cemitério

Há pouco mais de um século, parentes e amigos enterrados no Peixe são as almas a quem romeiros, vindos de longe ou das redondezas, prestam homenagem na semana do dia 15 de agosto, data de celebração do Jubileu. A crença religiosa transformou o vilarejo em um reduto de reza e devoção de milhares de fieis, que desde os idos de 1890, frequentam o local. Sua chegada, em datas como o dia de finados, quebra o prenúncio da morte anunciada em uma placa do cruzeiro, posto no meio das tumbas: “Ó tu que vens a este cemitério, medita um pouco nesta campa fria: eu fui na vida o que tu és agora, eu sou agora o que serás um dia.”

O vilarejo

A pequeneza realça o aparente abandono do povoado, erguido no entorno de um cemitério. Um silêncio cortante emerge das ruelas de chão batido, ajustadas por casas de paredes caiadas e telhado baixo. O transeunte que resolve perambular pelo curto perímetro do arraial baterá os olhos, unicamente, nas sinuosidades da mata serrana do Camelinho e nos traçados de terra que desembocam na beira do Rio Paraúna. A imagem é a de uma cidade fantasma. Basta uma piscadela para o lado, contudo, e a primeira impressão é desfeita pela presença de gente viva. Os dois moradores, Dona Lotinha e o filho Zezinho, são as sentinelas do Cemitério do Peixe, localizado na região do Alto Jequitinhonha.

Os romeiros

A movimentação começa nas semanas que antecedem o jubileu, época em que os fieis e seus familiares vêm ao Peixe para preparar as suas casas para o grande evento. São pequenos ranchos levantados ali pelos pais dos pais dos atuais proprietários. Os sitiantes limpam os cômodos, cortam a grama, pintam as paredes e até constroem novas acomodações para receber as visitas. O abastecimento dessas moradas temporárias converge em travessias que podem levar dias. Muitos romeiros carregam de um tudo de casa para o vilarejo. São colchões, bacias, panelas e víveres transportados no lombo de mulas, cavalos, carros-de-boi, bicicletas, caminhões, carroças ou mesmo nas costas dos fieis.   Tudo isto para manter viva a tradição de fé e devoção que ultrapassa gerações.

Locações

  • Vilarejo Cemitério do Peixe – Serra do Espinhaço -MG

Dia a dia

Expedição

Dia 1 – 14/08/2020

Encontro dos participantes do Aeroporto de Confins, onde às 9:00 da manhã sairemos em direção ao nosso destino, com previsão de chegada para as 13h.  Durante os 3 dias da viagem, documentaremos a celebração do Jubileu de São Miguel e Almas do Rio do Peixe, ou, como dizem os mais próximos, a Festa do Peixe.

Pernoite:  Pousada rural no vilarejo.

Expedição

Dia 2  – 15/08/2020

A programação da viagem inclui visitas às casas de vários romeiros, para que possamos conhecer melhor estas pessoas, suas histórias e famílias. Fotografaremos as procissões, a missa principal no sábado a noite e todos so ritos que fazem parte da celebração.

Pernoite:  Pousada rural no vilarejo.

Expedição

Dia 3  – 16/08/2020

Após o almoço, retorno para o aeroporto de Confins/Belo Horizonte.

OBS. Comprar voo de retorno após as 20 hrs.

O que está incluso

Expedição

Acompanhamento fotográfico durante a expedição por Tom Alves e Nataja Vidal.

Transporte terrestre privado compartilhado entre todos os participantes.

Acomodação dupla no vilarejo com pensão completa (almoço, jantar e café da manhã).

Não incluso no roteiro:

  • Equipamento fotográfico.
  • Equipamento pessoal.
  • Hotéis após o término do roteiro.
  • Custos com alimentação durante o trajeto rodoviário ida/volta.
  • Despesas aeroportuárias ou passagens aéreas.
  • Gorjetas e despesas extras.
  • Seguro de Viagem

O que levar

Expedição
  • Câmera fotográfica e objetivas, especialmente para retratos e baixa luz.
  • Cartões de memória.
  • Lanterna e pilhas.
  • Roupas leves para o dia e agasalho para a noite.
  • Calçados confortáveis.
  • Protetor solar.
  • Boné ou chapéu.
  • Mochila pequena.

Valores

Valores por pessoa em acomodação dupla.

R$: 2.450,00

Suplemento single R$ 150,00. ( sujeito a disponibilidade)

Temos disponíveis somente 2 quartos single e 2 quartos duplos.

FORMA DE PAGAMENTO: transferência ou depósito bancário. Dividido em até 3 vezes, desde que a última parcela seja paga até o início da viagem.

Informações adicionais

A respeito da experiência fotográfica:

  • A experiência fotográfica não é pré-requisito, porém, para um melhor aproveitamento por parte do integrante, é desejável que se conheça fundamentos básicos de fotografia, como funções e controle de obturador, diafragma, ISO e fotometria. Em caso negativo, o participante estará ciente de que a expedição, em virtude de não contar com tempo hábil e estrutura para treinamentos básicos teóricos, não almeja ser um curso formal de fotografia. De mesmo modo, não há equipamento mínimo exigido. Na seção “O que Levar” listamos os itens que consideramos aconselháveis.

Alterações:

Os roteiros podem sofrer alterações devido a condições climáticas e podem ser adaptados às necessidades de nossos clientes.

Inscrições

Esta viagem possui vagas restritas, limitadas a 6 pessoas, para que possamos garantir melhor qualidade documental da celebração cultural. Desta maneira, o pequeno grupo poderá fotografar com bastante tranquilidade e adequado suporte dos condutores da viagem, Tom e Nataja.

Por favor, entre em contato conosco via email (contato@travessiaexpedicoes.com.br) ou telefone (31-99298-1120)

 

Política de cancelamentos

A desistência voluntária por parte do cliente antes da viagem deverá ser formalizada por escrito e enviado à Travessia Expedições Fotográficas, via email contato@travessiaexpedicoes.com.br e a política de devoluções será efetuada conforme a seguir:

Em caso formalizado em até 46 (quarenta e seis) dias antes do início dos serviços ensejará o pagamento de multa no importe de 20% (vinte por cento) por pessoa;
Caso o cancelamento seja efetuado entre 21 (vinte e um) a 45 (quarenta e cinco) dias da viagem será cobrada multa de 30% (trinta por cento) do valor contratado;
O cancelamento efetuado em 20 (vinte) dias ou menos do início da viagem não ensejará o direito ao reembolso das quantias pagas, tendo em vista que a TRAVESSIA EXPEDIÇÕES FOTOGRÁFICAS necessita remunerar os hotéis, prestadores de serviços e demais serviços terceirizados já contratados para viabilização da viagem nos moldes contratados.

Galeria

Quer mais informações?

Envie sua mensagem e responderemos em breve.

Seu Nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

Assunto

Sua mensagem

Curta Nossa Página no FB!